A partir dos 16 anos, sim. Pessoas com necessidades especiais terão algumas providências que deverão ser obesrvadas. Deficientes visuais, por exemplo,  terão seu testamento lido duas vezes, a primeira por um tabelião e a segunda por uma testemunha.Caso o indivíduo possua alguma deficiência auditiva, ele mesmo lerá seu testamento, podendo designar alguém de sua confiança para fazê-lo na presença de testemunhas. Se for atestado que o indivíduo não sabe ler e escrever, o documento será lido em voz alta e o testamento pode ser assinado por testemunhas.

Advogada Linda Ostjen

Agenda consulta online pelo WhatsApp (51) 985577205

Segue o meu insta @lindaostjen e face

https://www.facebook.com/LindaOstjenCouto

#lindaostjen

#advogada

#direitodefamilia

#divorcio

#herança

#herdeiro