Muito mais lógico do que romântico, o contrato de namoro confere uma liberdade incrível àqueles que ainda estão se conhecendo e misturando as vidas. Entrar no universo do outro e se desvendar pode causar danos não apenas patrimoniais. A justiça determina que é união estável  quando há uma família plena, já constituída,  que transmite a imagem de um casamento, ou, em outras palavras, transmite a “aparência de casamento. Sempre me perguntam o prazo: não existe um tempo determinado para configurar a união estável, o critério para avaliar se realmente aquele casal tinha o objetivo de constituir família é subjetivo, ou seja, vai depender das provas que serão apresentadas ao juiz.

No namoro qualificado há planos para constituição de família, há projetos para o futuro, enquanto na união estável há uma família plena já constituída.

Agende uma consulta pelo WhatsApp (51) 985577205
Siga @lindaostjen

#divorcio
#lindaostjen
#advogada